top of page
Buscar

Chacina no DF

A investigação de um dos crimes mais bárbaros da história do Distrito Federal, a “Chacina no DF”, que resultou no assassinato, com requintes de crueldade, de dez pessoas da mesma família, teve nesta sexta, 27, seu desfecho e inquérito concluídos por Policiais Civis do DF.


O caso foi investigado pela equipe da 6ª Delegacia de Polícia (DP), no Paranoá, com a atuação das equipes do Instituto de Criminalística nos levantamentos de local, bem como o apoio dos profissionais dos Institutos de Criminalística (IC), de Identificação (II), de Medicina Legal (IML) e de Pesquisa de DNA Forense (IPDNA) da Polícia Civil do DF.


A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) e do Goiás (PCGO) auxiliaram na localização dos corpos de seis vítimas do crime, encontradas em Unaí (MG) e em Cristalina (GO).


A coleta de qualquer vestígio em local de crime é crucial na elucidação de um caso. Peritos criminais do IC estiveram no cativeiro e encontraram elementos essenciais para as investigações. Na casa, por exemplo, os profissionais encontraram cordas, fios de cabelo, além de oito celulares, que estavam com as câmeras tapadas com fitas pretas e envoltos em papel alumínio, um indicativo de que os criminosos pretendiam bloquear o sinal dos aparelhos.


Os oito celulares apreendidos, por exemplo, foram encaminhados para o setor de perícia em informática, onde os profissionais quebram a senha e analisam o conteúdo.


Este é mais um caso que ilustra a qualidade técnica de investigação dos policiais civis do DF. Mesmo diante da complexidade do crime, todas as vítimas e os criminosos envolvidos no caso foram identificados.





25 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page