top of page
Buscar

Déficit no quadro de Peritos Criminais atrasa investigações criminais no DF.

Entre 2014 a 2022, o número de exames pendentes no Instituto de Criminalística da PCDF saltou de 367 para 3,2 mil. A razão da demora em analisar provas criminais é a quantidade de dispositivos eletrônicos a serem periciados e o déficit no quadro de Peritos Criminais, apenas 224 profissionais, sendo que o ideal seria pelo menos 400.




17 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page