top of page
Buscar

Livores cadavéricos

Os livores cadavéricos, livores de hipóstase ou manchas de hipóstase são fenômenos cadavéricos resultantes da força de gravidade.


Ocorrem devido à deposição do sangue livre no sistema circulatório nas regiões de declive do corpo (manchas de coloração violácea ou arroxeada na pele), exceto nas zonas de pressão ou de contato.


Assim, quando o corpo está em decúbito dorsal numa superfície (costas em contato com a superfície), por exemplo, os livores irão se formar nas áreas de menor ou nenhuma pressão.


Inicialmente, os livores de hipóstase são móveis e evidenciados a partir de 2 a 3 horas após a morte. Nesse período, o Perito Criminal pressiona uma área de hipóstase e o sangue se desloca para a região adjacente, sem pressão.


Posteriormente, entre 8 a 12 horas post mortem, os livores se fixam e permanecem na mesma posição, mesmo que sejam submetidos à pressão ou que se vire o cadáver.


A análise desses padrões é extremamente importante para a investigação e pode determinar se houve mudança na posição da vítima após a morte e, consequentemente, a alteração da cena do crime.







39 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page